27 de ago de 2004

:: Sim, sim, é um trocadilho ::


Me perdoem por isso, pelo nome do Blog. Só que tenho o direito a uma defesa,ainda que eu mesmo seja o primeiro a querer me apredrejar por usar um. Trocadilho raramente é bom. Se é título de anúncio, pode apostar que a chance de ser muito ruim é imensa. Outro dia vi, no jornal, um que dizia "Não deixe esta oportunidade Passat". Era pra uma revendedora de carros, claro. A mesma fez outra: "Promoção para mim e Parati". Se o trocadilho tá numa piada, pode apostar que você vai rir só por educação. Pelo menos é o que eu faço. Só que quem fez o trocadilho que acabou batizando meu blog não fui eu. Foi o povo. "Oi, Renato Control Alt Del"; "Você é o único cara que tem o nome em todos os teclados do mundo". E por aí vai. Viram? Era inevitável. E já que este meu primeiro post tomou ares de confessionário, vou aproveitar pra colecionar mais alguns Pais-Nossos: ainda não tenho bem certeza de pra quê existe blog. Não queria que fosse a versão modernosa de um diário. Tipo, "meu querido blog, hoje estou triste". Até porque diários são essencialmente femininos e requerem coisas como papéis de bombom colados em suas páginas. Acho que post-it na tela do computador não surte o mesmo efeito. Então, a meta aqui é bastante simples: escrever sobre o que der vontade, quem sabe divertir alguém, e quem sabe um alguém que é um olheiro de Hollywood atrás de novos talentos para escrever roteiros milionários? Enfim, minha intenção é essa. E acredito que boa. Mas sei que de boas intenções a internet está cheia... com o perdão por mais um trocadilho.


Nenhum comentário: