13 de ago de 2005

:: Sim ::

Não quero tentar de novo
Não quero pensar melhor
Não quero pedir outro prato
Não quero mudar de lado
Não quero outra chance
Não quero ver se chegou
Não quero explicar de novo
Não quero ver de outra forma
Não quero decidir depois
Não quero voltar agora
Não quero chegar nela
Não quero deixar pra lá
Não quero ter certeza
Não quero sobremesa
Não quero ligar de novo
Não quero pedir desculpas
Não quero ter que desculpar
Não quero rir sem vontade
Não quero fingir que entendi
Não quero assistir à Fórmula 1
Não quero estar sempre à frente
Não quero que olhem pra mim
Não quero que façam outra vez
Não quero mostrar a pasta
Não quero fazer social
Não quero salada
Não quero fazer uma visita
Não quero medir o colesterol
Não quero repensar meus conceitos
Não quero fazer o auto-exame
Não quero conferir meu extrato
Não quero ajudar a espalhar a notícia
Não quero reenviar este e-mail
Não quero ganhar o celular da promoção
Não quero ir à festa
Não quero passar aí antes
Não quero oferecer carona
Não quero ficar até de manhã
Não quero pedir com jeitinho
Não quero me expressar melhor
Não quero deixar que você faça
Não quero chegar uma hora mais cedo
Não quero "só dar um alô"
Não quero sair com você
Não quero que gostem de mim "só como amigo"
Não quero esperar o troco
Não quero fazer o que devo
Não quero "porque é importante"
Não quero que decidam por mim
Não quero um sorriso educado
Não quero voltar pela Zona Sul
Não quero o silêncio recatado
Não quero querer e não dizer
Não quero ter medo de nem sei
Não quero continuar escrevendo
Não quero ser uma grande promessa
Não quero ser o que todos esperam
Não quero viver à sombra de mim
Não quero trocar os lençóis
Não quero a louça lavada
Não quero acordar mais cedo
Não quero ver o sol se pôr
Não quero a camiseta verde
Não quero fingir que não sinto
Não quero fingir o que não sinto
Não quero fingir que não vejo
Não quero esquecer porque é melhor
Não quero que a vida continue
Não quero dormir porque é tarde
Não quero ir à praia só porque faz sol
Não quero sair só porque é sexta
Não quero outro gole
Não quero outro amor
Não quero ficar só
Não quero sentir tudo outra vez
Não quero fingir ser quem não sou
Não quero ser como sou
Não quero conferir se repeti alguma frase
Não quero ir à formatura
Não quero viajar pelo espaço
Não quero comprar o tal presente
Não quero ir porque você acha que eu devo
Não quero terminar, porque ainda há tanto...
•••

2 comentários:

Cris disse...

So you don't have to!
:*

glauglau disse...

Nem eu!