15 de out de 2005

:: Emergir ::

Engraçado como é possível conviver anos com algumas pessoas, até mesmo conhecê-las, mas ainda assim levar tanto tempo até descobri-las.

Tenho descoberto pessoas com quem já convivia há muito tempo. Passar por isso é como sentir a satisfação de encontrar um objeto perdido, que supera mesmo a satisfação de comprar um outro, novo. A capacidade de se surpreender, de se permitir ser surpreendido e de ver que todos têm tanto mais a mostrar quando as circunstâncias permitem é daquelas coisas que nos tiram o fôlego, que nos deixam como crianças na expectativa dos presentes de Natal.

Espero eu também que venham as circunstâncias que a mim façam conhecer, que de mim façam alguém que gera nos outros expectativa semelhante.

•••

3 comentários:

Nina disse...

Fique tranquilo. Dificil acreditar que alguém com seu conteúdo possa, um dia, gerar alguma expectativa que não será correspondida. Ou mesmo superada.
Beijos.

cris cidade disse...

Primeiro o post: é claro que você é uma dessas pessoas. Das dez mais. :)
Agora o blog: ficou chique, hein!? Só uma coisa (porque, se eu não reclamar, perde a graça): tá aparecendo o código no nome, ali em cima, ó!
Beijo!

mirna disse...

engraçado..faz pouco tempo estava tendo pensamentos parecidos..
vc está cada di melhor hein!
bjokas