11 de nov de 2005

:: Agora ::

"Retrair-se não é a solução."

Mas e se não for uma solução o que procuro, mas apenas respeito e compreensão? O que serve para uns, amigo, não necessariamente é o que serve para outros.

Prefiro resolver comigo mesmo tantas das questões que povoam os livros técnicos, que empurram para a criação e para a sociedade os reflexos que mostro agora.

Se é o caso de haver silêncio, que haja. Se é o caso de haver recesso, que haja. Não há como obrigar alguém a ir contra a própria natureza, ainda que assim o queira.

Me desobriguem da carga social, da amizade mantida por mesas de bar. É um momento, como tantos que passam, mas que é, ainda, o presente.
•••


2 comentários:

Cris* disse...

Alguma coisa.


(haha sou engraçada, né!)

me again* disse...

Amo esse cantor do post! Amo!!!!!