2 de fev de 2007

:: Fora ::

Eu tive um sonho.
Já contei?

Sonhei que podia fugir,
e via então o que nunca vivi.

Havia sol como não há aqui,
nos dias que há aqui.

Via água, via luz, via estrelas.
Via láctea.

No sonho que tive, lhe encontrei.
No sonho que tive mas não contei.

Conto agora, que não lhe olho nos olhos:
foge-me a ousadia.

Atrás deles é que está o meu sonho,
e o sonho que tenho é você.


•••


Nenhum comentário: