18 de ago de 2010

:: All'ottava ::

E então entendi que a questão é que vivo apaixonado, e que assim me cabe estar.

Apaixonado por apaixonar-me, por conhecer e descobrir, por desvendar os meandros que a levam para além da própria razão, que a levam para além do segundo de reticências que permeia suas palavras mais ousadas. Apaixono-me por vê-la revelar-se, tímida e ousada, usando das expressões que a fazem corar, pensando em coisas que não imagina pensar; mas que pensa, e que deixa conduzirem seus dedos por seu corpo, por seus pudores, até que alcancem as teclas das quais, como eu, você dispõe. Mas sua propriedade e furor as transformam,letra por letra, e assim me contam eles, os dedos, por onde andaram, o que viram, o que fizeram e o que não querem que eu saiba jamais! Apaixono-me por ver abandonar-se em si mesma, entregar-se sem reservas, sem máscaras, sem termos corretos. Apaixono-me por vê-la despudorada e provocante, cruel, jogando comigo ainda que saiba que já é, de antemão, a vencedora. Apaixono-me por sequer querer ganhar: vencido, venço.

Apaixono-me por imaginar onde você está, e no que pensa. Apaixono-me por pensar em que seus lábios agora tocam: se outra porção do almoço, se a suavidade de mais um gole de vinho, se a caneta que lhe acompanha a criatividade; invejo-a quando está entre suas mãos, quando passeia e brinca entre elas, quando lhe chega à boca e arranca suspiros.

Faz isso sempre. Eu sei.

Apaixono-me por estar à sua espera no final do dia, por não precisar dizer se foi o meu cansativo ou não, porque, afinal, você virá: e visto o seu sorriso, experimentado o seu cheiro, sentido seu toque, já nada mais há que me importe.

Então eu a ouço, e seja dividindo os acontecimentos ou repartindo qualquer eventualidade, me faço parceiro e percebo, de novo, porque é que me você me completa, e pergunto-me por que é que escolheu a mim.

E então entendo que a questão, sobre qualquer questão, é você.

Enquanto a mim cabe apenas, rendindo, apaixonar-me outra vez.

...
Publicado por Renato Alt


Nenhum comentário: